Desenvolva com facilidade e praticidade.

Principal Framework CSS usado em front-end de aplicações web, com seus recursos, tornam o desenvolvimento de páginas mais fácil, páginas que se adaptam a diversos tamanhos de tela.

Conceito

Bootstrap é um conjunto de componentes correlacionados para ajudar a desenvolver interface com o usuário de forma ágil e fácil. Foi criado em agosto de 2011 pelos desenvolvedores do Twitter, Mark Otto e Jacob Thorton. Tem como objetivo central fornecer ao usuário uma facilidade de desenvolvimento de layouts pré-configurados, tanto para questão de produtividade como também da questão da responsividade.

Customização, responsivo e documentação são as principais características do Bootstrap. Pois a customização é rápida e fácil, responsividade torna o site mais responsivo e a documentação conforme o site do desenvolvedor, mostra que é bem simples e prático de aprender tornando a implementação fácil. Geralmente usado em frond-end, mas atualmente é utilizado em back-end, pois suas ferramentas visuais tornam o visual dos projetos avançados mais aperfeiçoado. Dessa forma, o usuário fica mais familiarizado com o sistema.

Incluso em seu conjunto de recursos, se encontram o HTML 5, CSS 3, Jquery, Node, JavaScript, Ajax. Dessa forma, ao baixar o pacote Bootstrap, não será mais preciso baixar os plug-ins do Jquery por exemplo, pois já faz parte do pacote do Bootstrap.

Rápido

Bootstrap é rápido por quatro motivos:

  1. Seus arquivos tem um tamanho bem pequeno.
    1. js tem no máximo 83kb;
    2. css tem no máximo 98kb
    3. webfont tem no máximo 144kb.
  2. Carrega só o que precisa, somente o que for utilizado no projeto.
  3. Escrever menos código, não precisará definir todo o layout do formulário, pois irá usar classes pré-definidas e melhorar o layout do formulário sem precisar codificar mais nada por exemplo.
  4. Utiliza o sistema de Grids, principal enfoco do Bootstrap, por causa das 12 colunas que se trabalha de forma dinamizada da ferramenta.

 Fases do Bootstrap:

  • Versão 1 – Somente disposto para facilitar o desenvolvimento para desktops. Não tinha os conceitos ligados a responsividade de acordo com outros dispositivos, exemplo tablets, smartphones.
  • Versão 2 – Desenvolvimento para desktop com adaptação para tablete e por fim smartphones. Foi implementado a responsividade para dispositivos móveis.
  • Versão 3 – Surgiu o conceito de mobile first, que é justamente a questão da responsividade inicial para mobile para posteriormente adaptação dos desktops. Inverso da segunda versão.
  • Versão 4 – Realizado a mudança do modelo Less para o Sass, deixando a compilação mais rápida. Fim do suporte para IE8 e lançamento do Bootstrap themes.

Sistema de grade (Grids System) é responsivel e permite até 12 colunas através da página. Tem 4 tipos de classes, dependendo do dispositivo e pode ser ntegrado com outro para criar layouts flexíveis. O layout de sites que são visualizados tanto em navegadores de desktops ou mobile, são de extrema importância, pois o uso das grids, tem o papel de ajustar o layout conforme o tamanho da tela. Assim, tornando sistemas de grade útil.

Bootstrap fornece ferramentas para a construção de sites e aplicações modernas, agregando recursos dinâmicos. Sendo uma ferramenta gratuita e de fácil acesso, vale muito a pena o uso de Bootstrap em projetos mais avançados.

Autor Douglas Beux
Fontes:
Baseado em http://www.ericplatas.com.br/artigos/introducao-bootstrap-framework/.
Adaptado de https://imasters.com.br/design-ux/design-responsivo/7-razoes-para-desenvolver-seus-web-designs-no-bootstrap/?trace=1519021197&source=single.
Adaptado de https://www.youtube.com/watch?v=0o2GWZ0uUeY&t=1839s.