Monitoramento é acompanhar, monitorar ou inspecionar certo trabalho, atividade  ou ação em suas peculiaridades. É dar suporte, ajudar, etc.

O monitoramento de usuários tem por objetivo assegurar a integridade e segurança dos dados que circulam dentro da empresa, bem como proteger computadores e usuários de fraudes.
Ataques esses que podem acontecer externamente através de inúmeras tentativas de acesso ao sistema, sobrecarregando os servidores e fazendo com que os mesmos fiquem temporariamente indisponíveis, ou internamente através de um software mal intencionado instalado por algum usuário que tenha mais privilégios sobre o controle das estações de trabalho, ou até mesmo no furto de documentações.
Algumas formas para prevenção desses ataques são:
*A conscientização e treinamento dos usuários na questão de cuidado com senhas, acessos links indevidos;
* Uma política de segurança forte, com ferramentas de auxilio ao monitoramento;
* Restringir acessos importantes do sistema, apenas as pessoas que realmente devem receber;

Porém toda essa questão de monitoramento, não pode ser meramente instalada dentro da empresa sem o consentimento do usuário, é importe que legalmente o usuário esteja sabendo que está sendo monitorado, e que mesmo que os equipamentos sejam de poder da empresa, e-mails pessoais não podem ser monitorados, com exceção de mandato judicial.
Para que essa questão não acabe prejudicando ambas as partes, é importe que o funcionário tenha consciência que está sendo monitorado. A melhor forma de comunicar o mesmo é apresentando a política da empresa, no momento da contratação, deixando claramente essa questão e que prove que ambas as partes estão de acordo.

Autor: Anderson Diego de Souza
Fonte Micreiros.com