Artigo_10

É considerada uma nova “profissão” que surgiu juntamente com a popularidade dos jogos multiplayer online. Os jogadores ficam online por horas, criam seus personagens, exploram mundos virtuais, obtêm armas, equipamentos, vencem inimigos, conquistam níveis seguintes, tudo isso com o fim de vender dinheiro do jogo em que acumulam por dinheiro no mundo real.

Grande parte dos gold farmers estão situados na China, onde muitas pessoas estão ligadas a este novo negócio, incluindo prisioneiros que são obrigados pelos chefes de prisão a praticar isto. Grupos de jovens chineses bancam uma vida jogando esses jogos online. Um exemplo de jogo é o World of Warcraft, em que os bens no jogo produzido são vendidos para o dólar real para jogadores de todo o mundo que pagam por isso para facilitar a carreira nos jogos e obter sucesso.

Na China já se veem empresas especializadas na exploração e comercialização de bens virtuais a jogadores de todo o mundo que procuram por itens de jogos sem querer jogar para conquistá-los. Este tipo de dinheiro virtual que é fácil de ser negociado, porém é considerado em muitos países crime, sendo uma das práticas mais combatidas nos jogos online, sendo até proibida pelo governo chinês em 2009.

Muitos jogos tendo em mente o combate deste crime já expulsam quem recorre a estas atividades sendo comprador ou mesmo o vendedor. Em muitos casos as pessoas compram e nem chegam a receber nada, ficando então sem ninguém a recorrer para que possa ser esclarecida a situação. Isto é uma boa iniciativa, mas deveria partir também do próprio jogador a se conscientizar não realizando tal prática que é proibida.

Autor: Rogério Carlos Sandi
Fonte
http://www.superinteressante.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=1275:o-que-sao-os-qgold-farmersq&catid=18:artigos&Itemid=98
http://www.wowwiki.com/Gold_farmer
http://chinesegoldfarmers.com/
http://meiobit.com/85958/presos-chineses-seriam-obrigados-a-atuar-como-gold-farmer/